A CIDADE DE GODOT – parte 2

Image

A CIDADE DE GODOT

O Teatro Nacional São João (TNSJ) e a Fundação Manuel António da Mota organizam a 15 de Janeiro, às 17h30, o Colóquio ‘A cidade de Godot’, com a participação de João Mendes Ribeiro, Inês Moreira, Nuno Grande, Carlos Pimenta. A sessão, com entrada livre, decorre nas instalações da Fundação Manuel António da Mota (Praça do Bom Sucesso, 74-90, piso 1 – Porto).

“O presente colóquio aborda a peça de Beckett, por ocasião do seu retorno aos palcos nacionais, como ponto de apoio para uma crítica da representação do espaço urbano nas suas valências contemporâneas. Num tempo em que, mais eficazmente do que no exílio, a mesma desolação de Didi e Gogo fornece o eixo permanente da experiência e da subjetivação urbana, em face dos escombros, simbólicos ou concretos, de cidades destruídas (Alepo, Sarajevo, Bagdad…), cabe perguntar que Godot corresponde, neste contexto, a um processo de sentido, e que tem ele a dizer à atualidade da experiência urbana?”.

Este projecto foi originalmente apresentado no contexto da Trienal de Arquitetura de Lisboa – 2013. A peça ‘À Espera de Godot’, com encenação de Carlos Pimenta e cenografia de João Mendes Ribeiro, está em cena no TNSJ de 9 a 23 de Janeiro.

Tanto Mar _ conference

Tanto Mar pretende ser um espaço no qual se iniciará o registo de trabalhos de portugueses fora de Portugal que, com intervenções no ambiente construído, procuram ter uma atitude transformadora a partir das questões sociais que se colocam no momento e espaço em que são construídas. Praticamente desconhecidos em Portugal e dispersos por todo o mundo, estes criadores portugueses, que operam no centro das grandes questões que o presente nos coloca, só constituirão uma massa crítica útil ao país se o seu trabalho for registado, reconhecido e discutido também em Portugal. É isso que nos propomos iniciar.

O ateliermob em parceria com a Garagem Sul organizou para os dias 12 e 13 de Dezembro duas mesas-redondas abertas ao público. Centro Cultural de Belém, Sala Luís Freitas Branco, Entrada livre mediante lotação da sala .

12 de Dezembro, 16h30
_Visto de dentro : Inês Lobo, Marta Silva, Inês Moreira, Luis Santiago Baptista, José Mateus

13 de Dezembro, 16h30
_Seen from the outside : Vera Sacchetti, Ethel Baraona, Nuno Nunes, Indira Van’t Klooster

Para mais informações consulte http://www.tantomar.pt ou entre em contacto através do email: info@tantomar.pt

scopio _lançamento

 

A mesa da sessão será moderada por Pedro Leão Neto, director da revista Scopio, e contará com a presença de três dos autores que colaboraram na revista. Num primeiro momento, Nuno Grande fará uma apresentação geral da Scopio. Num segundo momento, a Inês Moreira, responsável pela secção Unframing da Scopio e curadora de arquitectura falará dos seus trabalhos e Mariana Pestana, que foi convidada a participar na Scopio através de uma entrevista que explora ideias e trabalhos de curadoria em arquitectura com a arquitecta residente em Londres, Beatrice Galilee, irá mostrar alguns dos trabalhos de curadoria em que está envolvida. O terceiro momento será o do debate e a sessão terminará com a festa que contará com a presença do programador Paulo Vinhas, responsável pela Matéria Prima e um dos fundadores da editora Crónica Electrónica. 
27 Outubro – 22.00h (Quinta-feira)
Cinema Passos Manuel (Porto)

milplanaltos _conference

Uma explosão combinatória de excepções

http://milplanaltos.wordpress.com/

A pesquisa curatorial contemporânea explora diversos processo e formatos, que vão do evento, à exposição, à instalação/dispositivo, a formatos mais imateriais, como textual, relacional, ou outros modos de transferência visível/experiencial/audível. Este projecto assume que a curadoria (enquanto pesquisa e prática) disturba, lê e reescreve ensamblagens existentes, produzindo novos objectos alterados. Propomos uma noção processual e transformativa de conhecimento curatorial, diferindo de exercícios expositivos com objectos originais estabilizados, colecções, arquivos, ou outras práticas expositivas baseadas na cultura material.

on curating _symposia PQ2011


Scenography Expanding 3: On Curating

September 27 – 29, 2010

program

Festival Escrita na Paisagem and Centro de História da Arte e Investigação Artística (CHAIA), Évora, Portugal

In his 2008 Whitechapel Gallery talk, Boris Groys pointed toward „exhibition practice as the cure that heals the originally ailing image, that gives it presence, visibility; it brings it to the public view and turns it into the object of the public`s judgement. However, one can say that curating functions as a supplement, like a pharmakon in the Derridean sense: it both cures the image and further contributes to its illness“ .

The ambivalent gestures of curatorial practice in both „healing“ and, possibly, „infecting“ or „contaminating“ come into particular, – and contested – focus when the object that is exhibited is nothing more but the remnant of a past performative event. Can the scenographic object be „helped“ by the curators effort in order to achieve a status of autonomy beyond ist original co-authored mode of production? Or must it be transformed into another genre (installation) to be exhibited? Can we identify an intrinsic essence of the scenographic object in relation / in contrast to exhibition space and public viewing?

In the third and last symposium before the June 2011 Prague Quadrennial for Perfomance Design and Space (PQ), curators and artists from the performing arts, visual arts and spatial design disciplines are invited to enter into a transdisciplinary dialogue on the challenges of exhibiting the ephemeral, the fleeting, the immaterial – the performative event and the scenographic space.

Speakers include: Maria Federica Maestri (Director of Natura dei Teatri, Italy), Radivoje Dinulović (Scenographer and Theoretician, Serbia), Christian Teckert (Architect and Academic, Germany/ Austria), Katharina Schlieben (Curator, Germany) Joanna Warsza (Curator, Poland), Randy Martin (Theory, USA), Dorita Hannah (Architect and Scenographer, Curator for PQ Architecture Section, New Zealand).

The official language of the symposium is ENGLISH.

http://www.intersection.cz/symposia/scenography-expanding/on-curating/

the task of the curator [Univ. California Santa Cruz]

Building a City for Women, Cali, Colombia 2007

THE TASK OF THE CURATOR

May 14-15, 2010, University of California Santa Cruz

“The Task of the Curator: Translation, Intervention and Innovation in Exhibitionary Practice” will explore the roles of curators in relation to how objects are displayed in museums and galleries, considering a variety of disciplinary and professional perspectives. The title, inspired by Walter Benjamin’s theories of translation, brings attention to the often overlooked or naturalized labor of curators, which involves subtle but nonetheless transformative acts of framing and poetic interpretation. Presenters are encouraged to “look outside of the white box” toward new and alternative display methods.

http://macs.ucsc.edu/conference/home.html

+++++++++++++

15th may 2010

Curating a vocabulary: voices of difference

Curatorial/knowledge research group, Goldsmiths College, University of London

Cihat Arinc, Doreen Mende, Inês Moreira, Sarah Pierce, Joshua Simon, Roopesh Sitharan, Aneta Szylak, Grant Watson).

Moderated by Nicole Archer, History of Consciousness, UCSC

performative presentation _phd research

situada no meio _im

Picture 367 copy

Picture 384

Performing Building Sites_ 15 minutes Performance conceived by Ines Moreira, as “the curator”, and performed by António Lago, as “the buider”, at Museum Studies Research Seminar, in the 12th October 2009, 2pm. Written as a comunication for the panel debate on “Museums and Curating”. [Moderator: Lúcia Matos Participants: Laura Castro, Ana Luísa Barão, Inês Moreira with António Lago, Pedro Carvalho De Almeida] [12-14 October 2009, Fundação Cupertino Miranda, Porto]

Estaleiros Performativos_ Performance de 15 minutos concebida por Inês Moreira, enquanto “a curadora”, e realizada por António Lago, enquanto “o construtor”, para o Seminário de Investigação em Museologia dos Países de Língua Portuguesa e Espanhola, no dia 12 de Outubro 2009, às 14h. Escrito como participação na Mesa de Debate sobre Museus e Curadoria. [Moderador: Lúcia Matos Participantes: Laura Castro, Ana Luísa Barão, Inês Moreira com António lago, Pedro Carvalho De Almeida] [12-14 Outubro 2009, Fundação Cupertino Miranda, Porto]

fotos: Patrícia Azevedo